terça-feira, 17 de março de 2009

De onde vem esse som?

Sábado, catorze de março de 2009, 21h17'.



Bernardo serviu-me mais um pouco do cabernet e, na seqüência, convidou-me para ouvir um pouco de rock'n'roll. Eu, jazzófilo, admito ter meus pés musicais fincados no bom e velho r&b. O papo, recheado de reminiscências, iniciou com as questões "quais bandas você ouvia?" e "você guardou alguns discos?". Conversa vai, conversa vem, chegamos à conclusão que seria necessário fazer um apanhado de tudo - com calma e, se possível, estabelecendo o contexto em que ouvimos as tais bandas. Daí surgiu a idéia do blog. Mais um (já tenho um de jazz).



Em casa, busquei na penumbra da memória o que poderia ter sido meu primeiro contato com o rock'n'roll. Em vão, o esforço. Lembrei-me, sim, de algumas canções que na minha tenra infância (lá pelos meados dos anos sessenta do século passado, no norte do Espírito santo) chamaram a minha atenção: Day Tripper, dos Beatles, e Satisfaction, dos Rolling Stones. A batida da bateria, o som das guitarras e aquela língua estranha vociferando coisas (cujo sentido só bem mais tarde eu entenderia - e, na maioria das vezes, seria melhor manter a ignorância) capturaram de imediato o coração do jovem capiau, que ficava sonhando com uma guitarra enquanto empunhava a vassoura. Destaque: ouvia no rádio valvulado que ocupava o lugar hoje ocupado pela tv. Ouvi pouco, nesse período - as emissoras só tocavam a tal da jovem guarda (confesso que curti esse troço).



O que importa é que ali foi plantada a semente que me fez sair procurando a origem daquele som. E hoje, aqui, inicio retrospectivamente a minha história com o rock'n'roll, a história dos meus discos e daqueles que eu gostaria de possuir. Montarei um podcast com alguns temas para os visitantes poderem ouvir enquanto lêem e, caso eu encontre na web, facilitarei alguns links para os discos aqui comentados.



Enquanto isso, aumenta, que isso aí é rock'n'roll!!!

6 comentários:

Adrielly Soares disse...

Beatles nunca foi um dos meus prediletos mas ainda tem algumas coisas que eu ouço, agora Satisfaction, dos Rolling Stones é um classicásso. ;)
Não só Aumento o som, mas arrasto as cadeiras da sala.
=*

Salsa disse...

ÊÊÊÊÊHHHH!!!
Adrielly é a primeira visitante a deixar um comentário. Valeu! Começamos com o pé direito.

F. Grijó disse...

Ali a estava a semente, caro Salsa. Vc não percebeu...a batida da batera dos Stones era do Watts, que sabe (e gosta, além de cavalos) tocar jazz.
Já era algo premonitório.

Quero ver JL torcer o nariz quando vc fundir rock e jazz...
Abraço.
E vida longa ao blog.

Gabriela Galvão disse...

Yeaaahhh!!!

(O seu parceiro aih eh o seu filho? Se for, 'what a legacy' o espera!!, ô inveja!)

Bisous procê.

Don Oleari disse...

Bom e saudável chegar à casa do amigo com seu roquizim antigo,mas saudável & saudoso...

Vamuquivamu, grande Salsa.
Abraço fraterno do seu seguidor, Oleari.

Don Oleari disse...

Em tempo:

enquanto bateclo estas bem digitadas linhas, tô curtindo sua radiola!
Oleari