quarta-feira, 18 de março de 2009

Humble Pie

Eu tinha treze anos quando meu irmão mais velho me apresentou o disco Smokin', do grupo Humble Pie. Isso aconteceu em 1972, e eu ainda morava em Mucurici, no norte do Espírito Santo. Esse não foi o primeiro disco de rock'n'roll que eu ouvi (o mano já havia mostrado muitos outros, que depois espero aqui postar), mas esse foi um dos que eu mais ouvi e ainda ouço. O velho disco de vinil quase furou e tornou-se inaudível. Já em Vitória, mais de vinte anos depois, eu encomendei um cd na antiga Digital, do nosso chapa Valcir. Cópia que eu guardo com carinho.

Esse disco, para mim, é o melhor do grupo (comprei mais uns dois ou três que não me agradaram). A pegada da banda é puro hard rock, com aquele peso peculiar dos anos setenta e com boa dose de blues. As guitarras de Clem Clemson e de Steve Marriott são sensacionais, bastante melódicas e com um timbre que tocou a minha jovem alma, quando ouvi pela primeira vez. O baixista Greg Ridley e o baterista Jerry Shirley completam o grupo, garantindo o peso necessário para o bom e velho hard rock.

Deixarei duas faixas no podcast: I wonder e Thirty days in the hole

O link: Here!

8 comentários:

edú disse...

Dizem q não podemos servir a dois deuses, o desafio é mostrar na prática q isso é uma falácia.Mas como sobra tempo para o consultório ,ensino , filhos e amores? Vc precisa ensinar ao Jack Bauer q o dia tem mais q as 24 horas.Sucesso nessa mais nova iniciativa.

Kati disse...

Que ótimo! Minha cultura rock'n roll é só mais ou menos. Comecei a gostar tardiamente e ainda assim, junto com um monte de outros sons. Legal o Humble Pie. Blues na veia. Beijo. K.

Francis disse...

Humble Pie! Steve Marriott! São quantos anos que não escutei essa banda! Mais de 30, com certeza. Não tinha comprado disco deles. Tinha tantos discos bons naquela época e tão pouco dinheiro para gastar...
Lembro que HP tocou também minha jovem alma! E não está desagradável escutar hoje em dia. Come dizemos em francês: "ça tient la route".

Salsa disse...

Prezado Edú,
basta eliminar ensino e amores (não estou atuando nessas áreas - o que muito me incomoda).
Kati,
eu nunca larguei o osso. Hoje mesmo eu tocarei com meus amigos (O Fino) num boteco da região udigrudi de Vitória: Rua da Lama.
Francis,
Eu achei outro disco do Humble Pie interessante. depois eu postarei.

PREDADOR.- disse...

Parabéns mr.Salsa pelo novo blog, que por certo acrescentará um algo a mais na cultura rock'n roll da galera. Meus tempos de Rush, Led Zepellin...............já eram.

Sergio disse...

Salsero é o nome q adotarei pra te chamar por aqui: o Salsa roqueiro, Yeah! Curiosíssimo pra saber como evoluiu o seu gosto rock. Sempre que quiser algum álbum específico e não encontrar link é só me consultar. É provável que possa poder (possa poder é ó-timo)te ajudar.

edú disse...

Sérgião sabe tudo das pepitas da rede.Salsa, é as peregrinações pelos rincões do Espiríto Santo -atropelando equinos pela jornada - para lecionar?No outro quesito, por favor maior dedicação.Já afirma o clichê : "o homem não é uma ilha".Para finalizar, na citada Digital se praticava o preceio biblíco "crescei e multiplicaivos".

Anônimo disse...

cara aqui em Mucurici ainda tem gente que Curti um bom Rock and Roll.

BAFÃO